Pesquisa personalizada

Carta Aberta - Por Jorge Schemes:

No dia 23 de outubro de 2009 solicitei minha saída da coordenação pedagógica do Programa "O Caráter Conta!" na GERED de Joinville, SC. Foi uma decisão pessoal e feita de livre e espontânea vontade.

Todavia, algumas situações ocorridas bem como as circunstâncias que se arquitetaram ao longo deste ano (2009), e que culminaram na reunião feita no Setor de Ensino na data acima exposta, me fizeram tomar essa decisão.

Até então estive calado, porém não alienado, pois meu pensamento e minha formação cognitiva e filosófica é pós-crítica e meus princípios e valores são alicerçados na Santa Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada.

Não posso agredir meus princípios morais e éticos diante de atitudes mesquinhas de segregação, exclusão, discriminação, preconceito, abuso de poder, constrangimento ilegal, falta de ética (no mínimo profissional) e assédio moral. O que eu não faço com os outros, eu não aceito que façam comigo.

Não compactuo com manobras politiqueiras de pessoas mesquinhas que, durante meu tempo de coordenação pedagógica à frente do Caráter Conta na GERED de Joinville, SC, nunca fizeram nada pelo Programa, e além disso visavam a apropriação do esforço e do trabalho alheio já feito durante anos para promoção e benefício próprios, tais pessoas são verdadeiros "vampiros psíquicos e sociais".

Alguém disse certa vez com muita propriedade que, "onde não há ética até o ambiente fica doentio". E tais pessoas, por serem as detentoras do poder, são um verdadeiro foco de doenças emocionais para aqueles que se sujeitam as suas manobras carregadas de tirania e cheias de maldade, mas Deus é justo Juiz e cabe a Ele retribuir a cada um segundo as suas obras.

Desde o início, minha dedicação e empenho para que o Programa "O Caráter Conta!" tivesse êxito nas escolas da Rede Pública Estadual pertencentes a GERED de Joinville, SC, foram constantes. Procurei promover "O Caráter Conta!" nas escolas da Rede Estadual de Ensino, por meio de reuniões com professores, técnicos e gestores, bem como formatá-lo pedagogicamente à realidade local. Procurei dar visibilidade para as ações do Programa por meio deste blog, e o fiz de maneira voluntária e por decisão pessoal, uma vez que o Programa, até a data presente (23/10/2009), não faz parte dos programas oficiais da Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina. Contudo, o mínimo que se espera quando há dedicação e empenho em qualquer atividade que envolva a educação é reconhecimento, valorização, gratidão e respeito. Talvez essa seja a razão porque há tantos professores e professoras desmotivados.

Apesar de tudo valeu a pena toda minha dedicação e esforço. E aqui deixo registrado o meu respeito e a minha gratidão a todos que se comprometeram junto comigo, e de coração voluntário ajudaram a implementar as atividades do "Caráter Conta!" em sua escola, de maneira especial aos professores e professoras, assistentes técnicos pedagógicos e gestores. Acredito no Programa "O Caráter Conta!" como uma ferramenta poderosa de transformação moral e ética dentro da escola e na vida de cada um de seus agentes. Por essa razão continuarei trabalhando os seus pilares em minhas aulas de Ensino Religioso na Rede Municipal de Ensino de Joinville, SC, como já vinha fazendo antes. Atualmente tenho 09 turmas, do Ensino Fundamental, somando mais de 300 alunos envolvidos com o Programa. Estamos trabalhando sistematicamente com várias atividades pedagógicas relacionadas com os pilares do "Caráter Conta!", meus alunos e alunas da Escola Municipal Saul Sant'Anna de Oliveira Dias já produziram redações, acrósticos, poesias, paródias e joguinhos lúdicos relacionados com os pilares do Programa "O Caráter Conta!". Essas atividades todas e muitas outras estão sendo socializadas neste espaço.

Termino afirmando que acredito na educação para o caráter, acredito na proposta e na metodologia do Programa "O Caráter Conta!", não como plataforma de interesses politiqueiros, pessoais e mesquinhos, mas como uma poderosa força moral na construção de uma cultura para a paz.

Que o Deus Eterno e Criador Ilumine a Todos Nós!
Ex-Coordenador Pedagógico do Programa "O Caráter Conta!" na GERED de Joinville, SC, no período de 2004 a 2009.
Atualmente é colaborador e multiplicador voluntário do Programa nas escolas da Rede Municipal de Ensino, onde atua como professor de Ensino Religioso.

Confira Também:

Atividades do Programa "O Caráter Conta"!

ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!

ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!
Cursos e Estudos Bíblicos Gratuítos
Pesquisa personalizada

quarta-feira, dezembro 20, 2006

RELATÓRIO: EEB ENG. ANNES GUALBERTO

ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA
ENGENHEIRO ANNES GUALBERTO


3º RELATÓRIO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS DO PROGRAMA
“O CARÁTER CONTA”

DIRETORA: KARLA KOERNER ABUMANSUR
ASSISTENTE TÉC. PEDAGÓGICA:
NILCE LOURDES DOS ANJOS NEHLS

JOINVILLE SC
DEZEMBRO/2006

Nosso terceiro e último relatório deste ano, inicia com o pilar do respeito. Uma simpática coruja amarela apresenta as datas com os nomes dos aniversariantes da nossa escola nos próximos quatro meses
No dia sete de setembro, a escola participou, com educandos da 3ª, 4ª e 5ª séries do Ensino Fundamental no desfile cívico do nosso bairro, cujo tema foi “Respeito”, nossos educandos da oitava série do turno matutino, desfilaram com cartazes, cujas letras formavam a palavra respeito, representando, todos os alunos de nossa escola, futuros cidadăos pilares vivos da nossa sociedade.
Na seqüência, respeitando nossas tradições relembramos nossa festa Julina, com uma demonstraçăo da decoraçăo que havia em todas as portas de salas na administração casais em trajes típicos. Entre tantas opçőes, tivemos apresentaçőes de danças das quadrilhas com as crianças de 1ª a 4ª séries e diversas brincadeiras. Em nosso pátio misturavam-se as decoraçőes com trabalhos feitos pelos alunos das 5ª a 8ª séries sobre “Alimentaçăo Saudável”, terminando com a foto da ganhadora do premio sorteado neste evento.
Em respeito ao direito de que, “toda criança tem que brincar”, tivemos uma programaçăo especial pela passagem do “dia da criança”, para as séries iniciais, com contação de histórias, filmes, atividades com tinta guache, recortes e colagens, apresentaçăo sobre higiene, por agentes de saúde, além de um lanche comunitário e uma tarde de brincadeiras em associaçăo esportiva próxima de nossa escola, com a participação das educadoras, do educador de educação física, de duas assistentes técnicas pedagógicas, e da assessora da direção, conforme fotos no anexo.
Com as 4ª séries, da educadora Elísia, foram desenvolvidas em grupos, atividades sobre “Folclore... com todo respeito hoje!”, utilizando livros: Boto cor de rosa; Cavalo encantado, Lobisomem, Mula sem cabeça, O curupira, Negrinho do pastoreio da coleção Folclore divertido, após terem sido lidos, comentados, desenhados e comparados aos acontecimentos de hoje, com conclusões próprias dos educandos, após breve comentário da assistente técnica pedagógica, conforme anexo. Em outra oportunidade foi feito a atividade “sugestões escorregadias” de nossa apostila do “O caráter conta”.
Os três últimos pilares do Programa o Caráter Conta ( senso de Justiça, zelo e cidadania) seguidos pelo calendário cronológico nos apresentado, foram mediados pela educadora Vandira Siedschlag (inglês) com os 3º anos do Ensino Médio matutino, através do Jornal em sala de aula, com informaçőes pesquisadas pelos próprios educandos relativas a cada pilar. Muito bem trabalhado ao pilares “Senso de Justiça” e “Zelo” diante dos acontecimentos diários, quando na própria sala de aula, os próprios educandos salientaram a Regra de Ouro. Tivemos ęxito também quanto aos diversos trabalhos sobre o pilar “cidadania”, pois coincidiram com as eleiçőes 2006.
A educadora Luizilda A.S. Zhulon (inglês) também trabalhou o pilar cidadania com educandos de 1º, 2º e do 3ºano4, do ensino médio. Fizeram atividades em grupos, com folhas sulfites, enfatizando além da cor do pilar, questionários referentes aos temas. Os trabalhos foram expostos em murais, com o título e objetivo do programa “O caráter conta”, na culminância dos projetos realizados neste ano.
Em artes, a educadora Salete Moser Florentino, selecionou as seis obras: Abaporu -1928 (respeito), Gente -1977 (zelo), Mulher de cabelos verdes-1915/1916 (responsabilidade), O velho violinista-1903 (sinceridade), Vaso com catorze girassóis-1888(senso de justiça) e Ninféias (cidadania), para que, os educandos, através de pesquisas fizessem uma relaçăo não só através da coincidęncia das cores de cada pilar, mas para que, a partir do significado da obra, expusessem suas opiniőes através de desenhos, com escrita e mensagem, comparando-as com o dia-a-dia. Trabalhando assim os valores necessários para a formaçăo de cada individuo. Cartazes muito bem feitos que decoraram nossa escola, muito elogiados, nos dias de concursos, realizados na escola, no dia das eleiçőes, e pela presença da comunidade na escola aberta, em reuniőes da APP e do Conselho Deliberativo, trazendo satisfaçăo a pais que vieram comentar conosco mais tarde, a importância deste trabalho, juntamente com os de prevenção nos dias atuais.
O educador Fábio Eberhard, utilizou diversas molduras nas cores dos pilares valorizando também o programa “O caráter conta”, enfatizou, porém, com a obra de Tarsila do Amaral, “O pescador”, conforme uma foto, com a moldura da cor de cada pilar, no anexo.
Em homenagem aos nossos educadores, além do mural, houve um jantar de confraternizaçăo, onde a nossa diretora presenteou a cada um com camisetas nas cores dos seis pilares do programa “O caráter conta”, com a frase “Os poderosos podem matar uma, duas ou até tręs rosas, mas jamais poderăo deter a primavera” (Che Guevara).
Em fidelidade, para aquele que nos ensinou tanto “zelo”, foi trabalhado, após a leitura do livro “A história de Jesus através da arte” com os educandos das 3º séries, divididos em trios, o “Presépio”. Pintaram, recortaram e com caixas de papelăo confeccionaram com carinho, pois eles mesmos escolheriam o mais bonito, sendo premiado cada membro e entre os três fariam o sorteio para que um ficasse com o “presépio”. Isto foi feito no dia das apresentaçőes de Natal, após os educandos da 1ª3 da educadora Amarilda ter apresentado o presépio vivo, conforme fotos no anexo.
Temos pretensőes em novos planejamentos, atingir um numero maior de participação dos educadores, ajudando assim a desenvolver valores éticos, para fortalecer o caráter dos nossos educandos.
Atenciosamente,

Nilce Lourdes dos Anjos Nehls.
Assistente Técnica Pedagógica
Matr 335839-9-03

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada