Pesquisa personalizada

Carta Aberta - Por Jorge Schemes:

No dia 23 de outubro de 2009 solicitei minha saída da coordenação pedagógica do Programa "O Caráter Conta!" na GERED de Joinville, SC. Foi uma decisão pessoal e feita de livre e espontânea vontade.

Todavia, algumas situações ocorridas bem como as circunstâncias que se arquitetaram ao longo deste ano (2009), e que culminaram na reunião feita no Setor de Ensino na data acima exposta, me fizeram tomar essa decisão.

Até então estive calado, porém não alienado, pois meu pensamento e minha formação cognitiva e filosófica é pós-crítica e meus princípios e valores são alicerçados na Santa Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada.

Não posso agredir meus princípios morais e éticos diante de atitudes mesquinhas de segregação, exclusão, discriminação, preconceito, abuso de poder, constrangimento ilegal, falta de ética (no mínimo profissional) e assédio moral. O que eu não faço com os outros, eu não aceito que façam comigo.

Não compactuo com manobras politiqueiras de pessoas mesquinhas que, durante meu tempo de coordenação pedagógica à frente do Caráter Conta na GERED de Joinville, SC, nunca fizeram nada pelo Programa, e além disso visavam a apropriação do esforço e do trabalho alheio já feito durante anos para promoção e benefício próprios, tais pessoas são verdadeiros "vampiros psíquicos e sociais".

Alguém disse certa vez com muita propriedade que, "onde não há ética até o ambiente fica doentio". E tais pessoas, por serem as detentoras do poder, são um verdadeiro foco de doenças emocionais para aqueles que se sujeitam as suas manobras carregadas de tirania e cheias de maldade, mas Deus é justo Juiz e cabe a Ele retribuir a cada um segundo as suas obras.

Desde o início, minha dedicação e empenho para que o Programa "O Caráter Conta!" tivesse êxito nas escolas da Rede Pública Estadual pertencentes a GERED de Joinville, SC, foram constantes. Procurei promover "O Caráter Conta!" nas escolas da Rede Estadual de Ensino, por meio de reuniões com professores, técnicos e gestores, bem como formatá-lo pedagogicamente à realidade local. Procurei dar visibilidade para as ações do Programa por meio deste blog, e o fiz de maneira voluntária e por decisão pessoal, uma vez que o Programa, até a data presente (23/10/2009), não faz parte dos programas oficiais da Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina. Contudo, o mínimo que se espera quando há dedicação e empenho em qualquer atividade que envolva a educação é reconhecimento, valorização, gratidão e respeito. Talvez essa seja a razão porque há tantos professores e professoras desmotivados.

Apesar de tudo valeu a pena toda minha dedicação e esforço. E aqui deixo registrado o meu respeito e a minha gratidão a todos que se comprometeram junto comigo, e de coração voluntário ajudaram a implementar as atividades do "Caráter Conta!" em sua escola, de maneira especial aos professores e professoras, assistentes técnicos pedagógicos e gestores. Acredito no Programa "O Caráter Conta!" como uma ferramenta poderosa de transformação moral e ética dentro da escola e na vida de cada um de seus agentes. Por essa razão continuarei trabalhando os seus pilares em minhas aulas de Ensino Religioso na Rede Municipal de Ensino de Joinville, SC, como já vinha fazendo antes. Atualmente tenho 09 turmas, do Ensino Fundamental, somando mais de 300 alunos envolvidos com o Programa. Estamos trabalhando sistematicamente com várias atividades pedagógicas relacionadas com os pilares do "Caráter Conta!", meus alunos e alunas da Escola Municipal Saul Sant'Anna de Oliveira Dias já produziram redações, acrósticos, poesias, paródias e joguinhos lúdicos relacionados com os pilares do Programa "O Caráter Conta!". Essas atividades todas e muitas outras estão sendo socializadas neste espaço.

Termino afirmando que acredito na educação para o caráter, acredito na proposta e na metodologia do Programa "O Caráter Conta!", não como plataforma de interesses politiqueiros, pessoais e mesquinhos, mas como uma poderosa força moral na construção de uma cultura para a paz.

Que o Deus Eterno e Criador Ilumine a Todos Nós!
Ex-Coordenador Pedagógico do Programa "O Caráter Conta!" na GERED de Joinville, SC, no período de 2004 a 2009.
Atualmente é colaborador e multiplicador voluntário do Programa nas escolas da Rede Municipal de Ensino, onde atua como professor de Ensino Religioso.

Confira Também:

Atividades do Programa "O Caráter Conta"!

ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!

ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!
Cursos e Estudos Bíblicos Gratuítos
Pesquisa personalizada

quarta-feira, maio 24, 2006

REPASSE: EEB GEORG KELLER


REPASSE: EEB DR.GEORG KELLER
ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL
GEREÊNCIA DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EEB DR.GEORG KELLER
RUA SÃO GONÇALO, 523 – JARDIM IRIRIÚ
CEP- 89224330 – JLLE-SC
RELATÓRIO DE REPASSE DO PROGRAMA:
“O CARÁTER CONTA “

A/C Jorge Schemes

O repasse aconteceu na tarde do dia 26/04/06. Para os professores da EEB. Dr Georg Keller o programa já tinha sido apresentado no ano de 2004, por uma outra equipe de professores que deram início ao programa, mas não concluíram. Estamos trabalhando somente com o primário. Começamos falando do programa e da importância dos pilares na escola. Os professores participaram dando opiniões e exemplos que foram aceitos pelos colegas. Alguns professores já trabalham o programa em outras escolas e fizeram seus comentários. Dentro do programa caráter conta já agendamos a visita dos “ Arautos do Evangelho”que a partir de junho estarão trabalhando com nossos alunos. Em nossa escola acontecem uma vez ao mês as homenagens cívicas com horário especial para que todos possam participar. Agora no mês de maio os alunos de Pré a 4ª série estão trabalhando o pilar Sinceridade. Com o envolvimento dos professores esperamos que aconteça uma mudança significativa em nossa UE.Profissionais participantes do curso: Ana Dias – Professora da 2ª série Lucia Cardoso Fiamoncini – Assistente Técnico Pedagógico

segunda-feira, maio 15, 2006

REPASSE: EEB CARMEM SEARA LEITE

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL
GERÊNCIA DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EEB CARMEM SEARA LEITE
RUA PARA JOÃO XXIII, 60 – CENTRO – GARUVA
FONE/FAX: 47 3445 3334

RELATÓRIO DE REPASSE
DO PROGRAMA “O CARÁTER CONTA”

Ao professor: Jorge Schemes

Iniciamos o repasse do Programa “O Caráter Conta” aos professores no dia 19/04/2006 com encerramento no dia 27/04/2006. Foi repassado durante (20) vinte minutos em cada turno: matutino, vespertino e noturno.
Um dia antes de iniciarmos o repasse cobrimos totalmente o quadro da sala dos professores com papel craft conseguindo assim despertar a curiosidade dos mesmos para o que aconteceria no próximo dia. A partir daí apresentamos um pilar por dia, colocando nos seus devidos espaços no quadro a cor do pilar que seria trabalhado naquele dia. No decorrer das apresentações dos pilares houve discussões, dinâmicas envolvendo todos os professores da U. E. No final de cada apresentação acontecia um abraço fraterno entre todos.
Encerramos o repasse com o pilar da Cidadania apresentando o vídeo: “Mais um Tijolo no Muro” e com a entrega da pulseirinha com as cores dos pilares, sendo que cada professor colocava a pulseira no braço de seu colega e ao mesmo tempo falava uma frase de carinho, zelo ou respeito. Decidimos de comum acordo que todos trabalharão os pilares de acordo com suas disciplinas dentro do respectivo cronograma.


Cronograma
Mês: Maio
Pilares: Sinceridade, Respeito e Responsabilidade.

Mês: Junho
Pilares: Senso de Justiça, Zelo e Cidadania.

Após o recesso escolar retornaremos a trabalhar os pilares conforme o cronograma que segue:

Meses: Agosto e Setembro
Pilares: Sinceridade, Respeito e Responsabilidade.

Meses: Outubro, Novembro e Dezembro.
Pilares: Senso de Justiça, Zelo e Cidadania.

Avaliação do Repasse do Programa

Como todos os professores participaram do repasse e se mostraram envolvidos e participativos durante o mesmo esperamos que haja realmente uma mudança bastante significativa após todo o processo ser desenvolvido na U.E.

Profissionais participantes do curso:
Roseli kempinsky de Paula Cordeiro
Assessora de Direção

Nilce Warmeling Policarpo
Assistente Técnica Pedagógica

Gleison Vieira
Professor de História

REPASSE: EEB HIGINO AGUIAR


ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO
DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
GERÊNCIA REGIONAL DE JOINVILLE
EEB. PREFEITO HIGINO AGUIAR
SC 301 KM 05, Nº 570 – ITINGA – ARAQUARI - SC.
E-mail:
eefprefhiginoaguiar@sed.sc.gov.br

PROGRAMA “O CARÁTER CONTA"

PROFESSOR (ES)
Gizelda, Maria Lenilda , Maria Terezinha e Rosa Mística

SÉRIE
6ª e 7ª

FAIXA ETÁRIA
11 aos 15

PILAR
Sinceridade

ASSUNTO
Educação Física, Língua Portuguesa, Ciências e Língua Inglesa

CONTEÚDO
Sinceridade tanto na teoria como na prática disciplinar.

OBJETIVO
Criar no educando o espírito de sinceridade diante de qualquer situação

CRONOGRAMA
27/04 à 31/05

METODOLOGIA
diálogo
palestra
trabalhos
Música e dança
vídeos

RECURSOS
Cartazes e vídeos

AVALIAÇÃO
Verificar durante e após a aplicação do projeto se realmente ocorreu mudanças de atitudes.


PROFESSOR (ES)
Rosangela do Nascimento Pereira

SÉRIE
7ª 4 e 7ª5 - Vespertino

FAIXA ETÁRIA
13 a 15 anos

PILAR
sinceridade

ASSUNTO
Língua Portuguesa

CONTEÚDO
Leitura
Produção textual, Acróstico
Poesia
Produção de outros textos verbais ou trabalhos que contemplem as diferentes
linguagens artísticas: teatro, música, artes plásticas

OBJETIVO
Proporcionar uma atividade (leitura) em que a participação dos alunos seja de tal forma que auxilie no convívio social, desempenho escolar e principalmente disciplina e comportamento.
Transmitir aos alunos lições de vida em debate, leitura e conscientização da importância de ser uma pessoa de caráter. Despertar o desejo de mudança de comportamento através de atividades lúdicas que beneficiem no seu futuro.

CRONOGRAMA
4 aulas

METODOLOGIA
Motivar a leitura
Sensibilizar os alunos para as temáticas abordadas: sinceridade, respeito,amor e paz
Estabelecer uma integração entre o texto e o contexto.
Construir uma relação de afeto.
Construção de paródia, poesia e acróstico.
Contação de histórias.
Declamação de poesias.
Produção de outros textos verbais ou ainda de trabalhos que contemplem as
diferentes linguagens artísticas: teatro, música, artes plásticas.
Leitura.

RECURSOS
Livros.
CDs.
Músicas.

AVALIAÇÃO
Será avaliado no desenvolvimento e realização de cada atividade de acordo com a participação do aluno.

PROFESSOR (ES)
Valéria flora Diniz Pereira
Ivonete Chechi Fronza

SÉRIE
1ª 1,2,3 e 4

FAIXA ETÁRIA
6 á 7 anos

PILAR
Sinceridade

ASSUNTO
Alfabetização

CONTEÚDO
Literatura infantil.
Desenho.
Dinâmicas.
Brincadeiras e jogos.
Filmes.
Dramatizações.

OBJETIVO
Resgatar e incluir valores e atitudes para formação da personalidade e do caráter. Construir bases que sejam a expressão da verdade.

CRONOGRAMA
15 à 19 de maio de 2006.

METODOLOGIA
Contação de história.
Interpretação da história (oralmente e através do desenho).
Recorte e colagem
Dobraduras
Slogan

RECURSOS
Livros, quadros, giz, papéis e vídeos.

AVALIAÇÃO
Participação
Desenvoltura
Interpretação
Envolvimento
Atitudes

PROFESSOR (ES)
Claudir
Anadira
Pablo

SÉRIE
5ª à 8ª

FAIXA ETÁRIA
10 à 16 anos

PILAR
Sinceridade

CONTEÚDO
Expressão oral, corporal, interpretação, produção teatral.

OBJETIVO
Despertar nos alunos o sentimento de honestidade, integridade, sinceridade, confiança e amizade, tendo assim um compromisso com ele mesmo e seus princípios.

CRONOGRAMA
Entre os meses de abril e maio de 2006.

METODOLOGIA
Através da representação teatral (montagem) buscando essas informações ou idéias em revistas, fitas, jornais, etc...

RECURSOS
Jornais, revistas, fitas VHS, cenário

AVALIAÇÃO
A responsabilidade de assumir um compromisso, se envolver.

PROFESSOR (ES)
Edson Müer
Giselle Cristiane Soppa
João Carvalho das Neves

SÉRIE


FAIXA ETÁRIA
12 à 14

PILAR
Sinceridade

ASSUNTO
Matemática - Circunferência

CONTEÚDO
Comprimento
Área

OBJETIVO
Estimular atitudes que priorizem integridade e honestidade

CRONOGRAMA
Implantação – 4 aulas
Verificação de resultados – 12 aulas

METODOLOGIA
Dispor de uma aula oficina de matemática para compreender e confeccionar circunferências (modelo de bottons). Em seguida verificar a aplicabilidade da circunferência no dia-a-dia. Em seguida “definir” uma função para os bottons produzidos.

Obs. A definição de função deverá ser conduzida pelo professor de forma que ele bonifique alunos que apresentarem resultados positivos no decorrer do período previsto

RECURSOS
Papel laminado na cor azul marinho, compasso, tesoura, lápis, borracha e cola.

AVALIAÇÃO
Será realizada semanalmente, considerando o interesse, a participação e a mudança de atitudes.

PROFESSOR (ES)
Teodora Vieira de Souza
Norma L. Moreira Scheuermann
Ana Lúcia Vaz
Jurema

SÉRIE
2ª 1 e 2 ,/ 3ª 1 e 2 / 4ª 1, 2 e 3

FAIXA ETÁRIA
7 à 11 anos

PILAR
Sinceridade

ASSUNTO
Valorizar a sinceridade, a verdade e integridade

CONTEÚDO
Honestidade, confiança, lealdade, integridade, cumprimento da palavra verdade, ser sigiloso, coerência, ética, coragem e autenticidade.

OBJETIVO
Levar as crianças a compreenderem o que é ser sincero e o que não é sincero.

CRONOGRAMA
De 02 à 12 de maio.

METODOLOGIA
Aulas expositivas e dialogadas
Filme a respeito do assunto
Leituras e produção textual

RECURSOS
Papel cartão, jornal, barbante, tesoura, fita adesiva, molde da águia, pincel atômico

AVALIAÇÃO
Participação nas atividades e mudança de comportamento.

PROFESSOR (ES)
Soneli Maria Silva Suzuki
Maria da Consolação
Denise Liberato
Jonathas
Maria Terezinha

SÉRIE
8ª 1, 2, 4 e 4

FAIXA ETÁRIA
14 à 17 anos

PILAR
Sinceridade

ASSUNTO
Ética e Sinceridade

CONTEÚDO
Clonagem humana
Desenvolvimento tecnológico
Transplante de órgãos

OBJETIVO
Fazer com que o aluno reflita sobre as questões éticas que permeiam a clonagem humana e transplantes de órgãos de maneira consciente e inteligente.
Permitir ao aluno discernir e reconhecer procedimentos certos e errados para que no futuro possa ter um livre arbítrio critico e consciente.

CRONOGRAMA
02 à 31 de maio de 2006

METODOLOGIA
O tema proposto será apresentado através do filme “A Ilha” do diretor Michel Bay. O filme mostra uma sociedade utópica e rigorosamente controlada num ambiente severamente vigiado, porém essas pessoas vivem uma grande mentira. Na verdade, eles têm mais valor, mortos do que vivos, pois são clones que servem para transplante de órgãos e tecidos. Esses clones acreditam que vivem confinados por que a terra está contaminada, e o meio de justificar. Quando alguns deles saem é uma loteria, que os levaria ao último paraíso da terra ainda não contaminado, uma paradisíaca ilha. Antes de assistir ao filme os alunos serão apresentados ao projeto do Programa O Caráter Conta, e terão conhecimento do pilar da sinceridade e as frases que o norteiam. Sendo assim, lhes será proposto um roteiro com algumas questões que devem ser observadas ao longo da história. O filme será exibido na aula de Língua Portuguesa , na qual depois eles irão fazer uma produção textual, discutindo o pilar da sinceridade.
Nas aulas de história serão feitas pontes com períodos da história onde houve mentiras e confinamentos, a ética e leis da clonagem e doação dos órgãos. Em Artes os alunos irão ter contato com a obra da artista catarinense Jane Brüggemann, uma instalação apresentada na 31ª Coletiva de Joinville em 2001, que aborda a clonagem e o ser humano como produto. Os alunos também farão uma produção artística, em linguagem a ser escolhida. O projeto culminará com a exposição dos textos e produções artísticas dos alunos.

RECURSOS
DVD , Televisão e Caixas Acústicas
Pranchas com Imagens da Obra de Jane Brüggemann e cópia do folheto da 31ª Coletiva de Joinville
Artigo sobre a lei da clonagem e reportagens.

AVALIAÇÃO
A avaliação será feita pela produção textual e pelo resultado dos debates em sala de aula, assim como a observação da mudança comportamental, sendo que se espera mais sinceridade dos alunos envolvidos e que eles possam servir de modelo aos demais.

PROFESSOR (ES)
Soneli Maria Silva Suzuki
Maria da Consolação
Pablo Ferreira

SÉRIE
6ª 1, 2, 3,4,5 e 6

FAIXA ETÁRIA
11 à 14 anos

PILAR
Sinceridade

ASSUNTO
Sentimentos e Sinceridade

CONTEÚDO
Lendas e Mitos
Animação Stop-motion
Barroco

OBJETIVO
Fazer com que o aluno reflita sobre as questões éticas e morais que permeiam as lendas e mitos e compreender a sua estrutura e significado e importância dentro das sociedades.
Permitir ao aluno discernir e reconhecer atitudes corretas, e compreender a sua importância e valor.

CRONOGRAMA
02 à 31 de maio de 2006

METODOLOGIA
O tema proposto será trabalhado inicialmente através da conceituação teórica do que vem a ser mitos e lendas e a sua importância dentro da sociedade e da formação do caráter que elas motivaram em certos tempos. Depois será apresentado aos alunos o filme em animação stop-motion (massinha).
“A noiva Cadáver” do diretor Tim Burton. Inspirado numa antiga lenda russa, a lenda da noiva cadáver e do noivo infeliz, que os espíritos levam para o mundo subterrâneo na véspera do casamento.
A história é delicada, doce e pura, e nos faz refletir sobre a importância dos bons sentimentos e como é perigoso mentir e tomar atitudes precipitadas.
Todos esses pontos mostrados no filme serão trabalhados com os alunos tanto nas aulas de história, como em artes. Além de refletir em forma de texto em história, os alunos criaram uma maquete nas aulas de artes com massinha de modelar, representando os dois mundos apresentados no filme.
O projeto culminará com a exposição dos textos e maquetes, em dia que os pais serão convidados a vir a escola ver a produção de seus filhos e refletir junto com eles em uma palestra sobre o tema.

RECURSOS
DVD , Televisão e Caixas Acústicas
Artigo sobre o filme e reportagens

AVALIAÇÃO
A avaliação será feita pela produção textual e pelo resultado dos debates em sala de aula, assim como a observação da mudança comportamental, sendo que se espera mais sinceridade dos alunos envolvidos e que eles possam servir de modelo aos demais.

REPASSE: EEB TANCREDO NEVES

EEB TANCREDO DE ALMEIDA NEVES
RUA: JOÃO FRANCISCO DE ARAÚJO,149
BAIRRO: JARDIM GARUVA – FONE 34453014
JOINVILLE – SANTA CATARINA

RELATÓRIO DE REPASSE
O CARÁTER CONTA

Responsáveis pelo repasse: Professora Michelini Micaeles Lobo, Professora Sônia Maria Prado de Bona e Sueli de Aguida (assistente técnico pedagógico)

Período de repasse: Dia 13 de abril de 2006

Pessoal envolvido: Professores e Funcionários da Escola

Objetivo: Repassar as informações sobre o programa O Caráter Conta visando a implantação e o desenvolvimento do programa na unidade escolar

Desenvolvimento: O repasse foi realizado na tarde do dia 13 de maio. Inicialmente fez-se uma breve explicação sobre o programa, sua idealização e relevância.Seguiu-se a esse momento inicial o desenvolvimento de várias estratégias relativas a cada pilar do caráter.
Segue abaixo as estratégias utilizadas para o repasse e o roteiro seguido pelas professoras.

Estratégias

v SINCERIDADE-MATERIAIS: 2 LENÇOS E 6 POTES COM ÁGUA
v RESPEITO- MATERIAIS: 2 PASTAS DE DENTE, 2 FOLHAS SULFITE COM RISCOS
v RESPONSABILIDADE-MATERIAIS: 100 BALÕES
v SENSO DE JUSTIÇA-BOLO
v ZELO-DINÂMICA DO CORREDOR E BONECO
v CIDADANIA- MATERIAIS ESTRELAS,MÃOS E PÉS

ROTEIRO

1º MENSAGEM COM MÚSICA

2º EXPLICAÇÃO O QUE É O PROGRAMA

3º QUESTIONÁRIO

4º FALAR DOS SEIS PILARES

5º APLICAR AS DINÂNICAS

6º ABRIR PARA SUGESTÕES

7º ENCERRAR COM UMA MÚSICA OU COM A RESOLUÇAÕ DE UMA SITUAÇÃO PROBLEMA

As impressões sobre a reunião foram boas, os professores e funcionários demonstraram boa vontade em relação ao desenvolvimento do programa na escola.

Joinville, 15 de maio de 2006.

quinta-feira, maio 11, 2006

REPASSE: EEF RUI BARBOSA

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL
GERÊNCIA DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA


EEF RUI BARBOSA
Rua: São Paulo, 555 – Bairro Bucarein
Fone-Fax: (47) 422-5018
e-mail : eefrb@sed.sc.gov.br
Joinville – Santa Catarina

Joinville, 10 de maio de 2006.
Ofº nº 17/06

Prezado Senhor:

Vimos pelo presente apresentar a forma de repasse do Programa “O Caráter Conta” aos professores, alunos e corpo administrativo escolar.
Como se sabe, dia 16 de março iniciou a Capacitação do Programa através da competente equipe americana. Desta Capacitação participaram: a Assistente Técnica Pedagógica ANA PAULA PACHECO, a professora da disciplina Língua Inglesa DENISE REGINA GESSER e a professora de ensino fundamental de alunos com necessidades especiais SILVANA FÁTIMA VEIGA, da Escola de Ensino Fundamental Rui Barbosa. As três profissionais formaram a Equipe do Programa “O Caráter Conta” e ficaram responsáveis pelo repasse do conhecimento ao corpo administrativo e aos professores e esses de repassarem aos alunos em sala de aula.
Na primeira Reunião Pedagógica que aconteceu dia 30 de março à noite, já que a Escola não tem aulas no período noturno, a Equipe do Programa iniciou a apresentação com uma dinâmica e aproveitou para explanar de forma ampla o que é, e como será trabalhado o Projeto “O Caráter Conta” na Escola. Também foi definido, em consenso, o cronograma dos encontros com os professores sobre cada pilar, as datas que todas as turmas desenvolverão atividades e ainda as datas de socialização em forma de apresentação para toda a Escola. Houve críticas de alguns professores que responsabilizam os pais e não a Escola pela educação dos alunos quanto a moral e os valores éticos. A diretora, LAMIS MOUSSE, porém, declarou que os professores que não desejarem participar do Projeto são livres para desenvolver outras atividades correspondentes.
O 1º Encontro com os professores realizou-se dia 05 de abril nos períodos matutino e vespertino com todos os professores e corpo administrativo presentes na Escola, inclusive com a presença de estagiárias. O pilar “Responsabilidade” foi apresentado pela Equipe do Projeto com o auxílio do professor da disciplina Ensino Religioso OSNILDO VOLTOLINI, que também participou da Capacitação do Programa com o incentivo da outra Escola em que leciona. A Equipe do Programa apresentou atividades que podem ser aplicadas em sala de aula, teóricas e dinâmicas. A receptividade do grupo foi muito proveitosa e a Equipe conseguiu alcançar o objetivo de incentivar os professores a trabalhar o pilar “Responsabilidade” de forma prazerosa.
Assim sendo, dia 12 de abril, todos os professores desenvolveram atividades sobre o pilar citado acima, nas classes. A socialização ocorreu dia 03 de maio, na última aula dos períodos matutino e vespertino com a presença de toda a Escola no pátio. No período matutino os alunos da 2ª série apresentaram cartazes confeccionados durante as aulas de Artes, a 3ª série também apresentou cartazes confeccionados durante um debate sobre as responsabilidades do professor e dos alunos em forma de círculo na sala, a 5ª série apresentou os deveres e os direitos dos alunos em casa e na escola e a 7ª série apresentou um Termo de Responsabilidade desenvolvido pelos alunos em sala. Já no período vespertino a 2ª série de alunos com deficiência auditiva juntamente com a 2ª série de ouvintes apresentaram um acróstico da palavra “responsabilidade” e a 6ª série apresentou os Mandamentos da Responsabilidade desenvolvidos pela classe.
Sendo que o pilar da Responsabilidade encerrou com muitos benefícios à escola e apesar de um novo pilar iniciar, o da Responsabilidade será sempre abordado e lembrado.

REPASSE: EEF SENADOR RODRIGO LOBO


E.E.F. Senador Rodrigo Lobo
Joinville, 26 de abril de 2006


RELATÓRIO DO REPASSE DO PROGRAMA
“O CARÁTER CONTA”.

O repasse do programa “O Caráter Conta” foi realizado com todos os profissionais da unidade escolar no dia 25 de abril de 2006 no período vespertino. Nós, professora Dorotéa D. Gallucci e Assistente Técnico Pedagógica Micheli Vanessa M. Carneiro Borges implementamos o programa “O Caráter Conta” da seguinte forma: Iniciamos com uma dinâmica que compreendeu o Pilar Zelo. A partir desse momento colocamos para os presentes o que é “O Caráter Conta”, como ele começou e quais são os seus objetivos. Posteriormente trabalhamos os seis pilares enfatizando suas cores e o que cada um significa em nosso trabalho no dia a dia com as crianças, bem como todas as pessoas de nosso convívio. Fizemos os profissionais refletirem até que ponto se utilizam dos seus pilares e o que cada um pode melhorar, porque muitas vezes uma pequena atitude positiva pode fazer a diferença.
Durante as falas de cada pilar foram lidas e discutidas Fábulas e mensagens que caracterizam seus valores. Na sala dos professores foram expostos cartazes dos pilares, mensagens reflexivas, de estímulo e de incentivo.
Finalizando o repasse do programa, onde com certeza conseguimos alcançar disseminadoras do mesmo, colocamos um DVD com a mensagem “O Menestrel” de William Shakespeare que retrata bem os valores construídos através dos 6 pilares: Sinceridade, Zelo, Cidadania, Senso de Justiça, Responsabilidade e Respeito. Após, repassamos o cronograma dos pilares do programa para serem trabalhados na escola nas diferentes disciplinas durante esse ano letivo. Entregamos também materiais confeccionados por nós para melhor esclarecimento aos professores e para que realmente se torne possível esse trabalho em sala de aula. Também colocamos a disposição a apostila em CD e a impressa de exemplos de como trabalhar em sala pertencentes a Unidade Escolar.
Elaboramos uma caixa de recados onde foi entregue para cada um dos participantes o nome de um “amigo oculto” para servir de correio de mensagens de estímulos e de incentivo para melhorar o convívio dos profissionais. Esse amigo oculto será revelado somente em dezembro.
Para nós foi uma experiência bastante gratificante, esse repasse valeu todo o trabalho que tivemos para elaborar os materiais, percebemos que os mesmo serão muito bem aproveitado pelos profissionais que apresentaram uma receptividade que até então não havíamos sentido no grupo, que participou, deu exemplos e até mesmo reclamaram devido a uma tarde ser muito pouco tempo e poderiam ficar mais uns dois dias falando a respeito dos pilares. Sentimos que o grupo de início reagiu de uma forma bem positiva e agora já ouvimos um “BOMM DIIAA....” muito alegre!


Atenciosamente,


Dorotéa D. Gallucci
Micheli Vanessa Minski Carneiro Borges.
E.E.F. Senador Rodrigo Lobo.

terça-feira, maio 09, 2006

ATA: EEB HIGINO AGUIAR

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E INOVAÇÃO
GERÊNCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO E INOVAÇÃO
EEB. PREFEITO HIGINO AGUIAR
SC 301 KM 05, Nº 570 – ITINGA – ARAQUARI - SC.
E-mail:
eefprefhiginoaguiar@sed.sc.gov.br


Aos dezoito dias do mês de abril do ano de 2006, reuniram-se em uma sala desta unidade escolar, os professores de ensino fundamental e médio, para fazer o repasse dos projetos Caráter Conta e Jornal na Escola.
No primeiro momento da reunião discutimos o significado de cada pilar do caráter conta, sinceridade, respeito, responsabilidade, senso de justiça, zelo e cidadania. Cada professor recebeu uma apostila com conteúdo sobre os pilares, elaborada pela professora Soneli Maria Silva Suzuki, através do conteúdo do curso. No segundo momento os professores se agruparam por série ou disciplinas para elaborar um plano de trabalho em cima do pilar a ser trabalhado na primeira etapa.No terceiro momento foi feito o repasse do projeto "jornal na escola", dando ênfase ao fato de que a escola recebe gratuitamente o exemplar do jornal e a importância que o mesmo tem no cotidiano das pessoas.
Sem demais, encerra-se a ata, que foi assinada por todos os presentes.

REPASSE: EEB RUDOLFO MEYER

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, C
IÊNCIA E TECNOLOGIA
SECRETARIA DE ESTADO
DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL
23ª GERÊNCIA DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA - GEECT

EEB PROFESSOR RUDOLFO MEYER
Rua: Copacabana, 1245 Bairro Floresta
Fone/Fax: (47) 436-0769 / Joinville
E-mail : eebprm@sed.rct-sc.br


RELATÓRIO DO PROJETO “O CARÁTER CONTA”

No dia 25 de abril de 2006, com início às 07:30 horas, foi realizado o repasse do Programa: “O Caráter Conta”, aos funcionários desta Unidade Escolar. Os professores que participaram do curso no mês de março e que realizaram o repasse foram: Prof. Jacqueline Becker (Assessora de Direção), Prof. João Sebastião de Oliveira (professor efetivo da 4ª série – 40 horas) e Prof. Marialba Pereira Rapouso (Supervisora Escolar), que se revezaram durante o mesmo. Os três professores, mais o Diretor Hugues, a Orientadora Eliana e a Assistente Técnico Pedagógica, Prof. Nirma vieram vestidos com as cores do Programa “O Caráter Conta”, para dar um maior ênfase ao repasse.
A introdução foi dada com a explanação sobre o início do Programa, nos Estados Unidos, com Michael Josephson, Professor de Direito da Universidade da Califórnia , que formou o “Josephson Institute”. Num cartaz, foi desenhada uma grande mão, sendo que cada dedo representava um “Pilar do Caráter”. Um deles (sinceridade), partia do centro da mão. Usou-se a mão por ser um símbolo de união e de trabalho. Explicou-se a sigla: T.E.A.M. e falou-se bastante sobre a ética. A prof. Jacqueline , repassou aos presentes, um artigo retirado da Revista Vida e Saúde, do mês de maio/06, intitulado “Questão de Caráter”que serviu de excelente suporte para todos. O texto em seu resumo dizia: “Como respondemos às situações da vida revela quem somos”! Que no dia a dia somos colocados diante de situações em que temos de tomar decisões para satisfazer nossas necessidades. Que a escolha deve ser bem feita para nos sentirmos bem, para que o efeito desta escolha possa ser imediato. Portanto, nosso estado emocional tem muito a ver com a resposta que escolhemos dar para a situação, que pode não depender de nós, mas a resposta é uma escolha pessoal. Em última análise, o que mais vai direcionar a escolha final de um indivíduo são seus valores e crenças. Isso quer dizer que é o “caráter” que encaminha a qualidade da resposta que o indivíduo dá, do comportamento que manifesta, de sua conduta, respeitada as condições do meio em que vive. Quando o caráter não é firme, o indivíduo vacila. As conseqüências podem até afetar sua saúde. O caráter é revelado principalmente quando enfrentamos situações propícias para testá-lo. Uma delas é quando envolve dinheiro. É um bom teste, porque oferece a ocasião exata para que o indivíduo opte entre valores positivos e negativos, reflita sobre o amor ou o egoísmo, expresse justiça ou injustiça. A pessoa tem de materializar a teoria na prática, converter a crença num fato, transformar a discussão em ação. O privado passa a ser público, a hipocrisia é desmascarada, e o caráter é revelado.
A conduta no trabalho é outra ocasião em que pomos o caráter a teste. Exemplo disso, é como nos comportamos na presença ou ausência do chefe, na qualidade do trabalho executado, o uso correto ou não do computador, navegando na internet, na interação com os colegas, onde entra o espírito de competição ou de cooperação. A maneira como encaramos nossos erros e acertos é o melhor espelho do caráter. Através dele, percebemos a pessoa no seu melhor e no seu pior. O caráter vem primeiro. Ele é formado cedo. Por volta dos seis anos de idade, ele já lançou os fundamentos estruturais que vão acompanhar o indivíduo para o resto da vida. Isto não quer dizer que ao longo desta vida, o ser humano não tenha oportunidade de aperfeiçoar, de mudar e de crescer. A luta interna pode ser grande, mas a mudança é possível. Cada valor precisa ser praticado para que o caráter seja bem definido e fortalecido. É preciso acreditar que temos recursos pessoais e talentos para usarmos na formação do mesmo, porque ninguém pode cultivar o caráter por nós. Felizmente a autodisciplina está voltando à moda. Querer é ter certeza de que se vai conseguir. Caráter é uma característica pessoal consciente. E quanto mais forte ele for, mais poder de decisão haverá, maior será a probabilidade de acerto na escolha e nas decisões futuras, trazendo assim para nossa vida, maior felicidade e saúde.
Após o repasse e interpretação deste texto, algumas “perguntas para pensar”, que foram dadas no curso, foram também repassadas aos presentes. Realizou-se a leitura da mensagem “As Três Peneiras”, como simbologia do “filtro da sujeira”. Apresentaram-se também algumas “situações escorregadias” (através de perguntas colocadas embaixo de algumas cadeiras), onde os professores davam sua opinião, de como deveriam agir nas situações expostas. Na seqüência , cada Professor repassador apresentou dois pilares do programa, iniciando com o Prof. João, que falou sobre o “Senso de Justiça” (laranja). Após a explicação do Pilar , foi feita uma dinâmica , a do “Presente” (um pacote feio e outro bonito). O Prof. também falou sobre o Pilar da Responsabilidade (verde), realizando após sua explanação, uma dinâmica com balões. Cada presente encheu três balões, colocando em cada um deles um papel colado com uma responsabilidade. Depois, deveriam procurar mantê-los no ar, junto aos demais professores.
A Prof. Marialba repassou o Pilar do Respeito (amarelo), tendo como atividade a dinâmica da pasta de dentes (realizada no curso). O outro Pilar trabalhado pela mesma professora foi o da Sinceridade (azul). A atividade realizada foi uma variante da dinâmica das ratoeiras, que foram substituídas por copos cheios de água, por onde os professores voluntários, com os olhos vendados eram conduzidos por seus guias, mostrando assim a confiança que um tinha no outro.
A Professora Jacqueline explicou os Pilares do Zelo (vermelho) e o da Cidadania (roxo). As técnicas (dinâmicas) empregadas foram: o Zelograma e o Acróstico (para cada letra do próprio nome os participantes deveriam escrever uma palavra ou frase relacionada com Cidadania).
Na hora do lanche foi oferecido a todos, deliciosa gelatina com creme. Elas representavam todas as cores dos pilares, sendo assim, a culminância de um repasse que agradou a todos os presentes, pela diversidade de dinâmicas e pelo conteúdo rico e bem aproveitado.

MOMENTOS DO REPASSE E ATIVIDADES





REPASSE: EEB ALMIRANTE BOITEUX

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E INOVAÇÃO
GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO E INOVAÇÃO - JOINVILLE
ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA ALMIRANTE BOITEUX
Rua: Nereu Ramos, 180 – Centro – Fone/Fax: (0XX) 47 447-1175
ARAQUARI – SC – CEP 89245-000 – E-Mail: eebab5@sed.rct-sc.br

Relatório do repasse aos professores da E.E.B. “Almirante Boiteux”
do Programa “O Caráter Conta”

1. Iniciamos as atividades no dia 11/04/2006:
• Cartazes sobre o Programa “O Caráter Conta” com um ponto de interrogação. À medida que os professores questionavam sobre o Programa nós respondíamos.
• Cartaz de isopor com o desenho de uma casa em cima dos seis pilares e a cada dia que era trabalhado um pilar, nós acrescentávamos o nome no cartaz;
• Cartaz na porta da sala das especialistas, onde também era acrescentado um laço na cor do pilar trabalhado, juntamente com seu respectivo nome.

2. 12/04/2006:
• Informações sobre o Programa “O Caráter Conta”: O que é e qual seu objetivo.

3. 18/04/2006:
• Enfeitamos a sala dos professores com toalha, flores e lembrancinhas na cor azul para apresentarmos o 1º pilar: “sinceridade”. Também entregamos uma pastinha confeccionada por nós, para que os professores pudessem arquivar todos os materiais usados por eles, para poderem trabalhar com os alunos. Neste dia entregamos um texto sobre o pilar e a avaliação: Que força têm os meus pilares? Para eles preencherem e deixamos livre para quem quisesse compartilhar. Dinâmica com balões.

4. 19/04/2006:
• Toalha, balões, lembrancinhas, gelatina na cor amarela e laranjas para apresentarmos o 2º pilar : “respeito”. Texto sobre o pilar. Dinâmica com o creme dental. Foi feito a partilha, na hora do lanche, com as laranjas e a gelatina. Fizemos o cartaz com a pirâmide sobre como ensinar respeito aos alunos.

5. 20/04/2006:
• Toalha, lembrancinhas, bandeirinhas e balões na cor verde para apresentarmos o 3º pilar: “responsabilidade”. Texto sobre o pilar, dinâmica da garrafa com água , pedras e areia, e das ratoeiras.

6. 24/04/2006:
• Toalha, lembrancinhas e balões, nas cores vermelho e laranja para apresentarmos o 4º e o 5º pilares: “senso de justiça” e “zelo”. Texto sobre os respectivos pilares, dinâmica do aconchego e do melhor presente.

7. 25/04/2006:
• Toalha, lembrancinhas na cor lilás para apresentarmos o 6º e último pilar:
“cidadania”. Textos: sobre o pilar, sobre “como trabalhar o caráter conta com os alunos”, cronograma e avaliação sobre o repasse. Dinâmica da bandeira. Para encerrar fizemos um lanche festivo.

Observações:
Todo dia era dada uma lembrancinha diferente: pilar
coração, estrela, flor, lápis, mão, pé, juntamente com um bombom.
Cada dia nós usávamos, uma roupa com a mesma cor do pilar a ser trabalhado.
As leituras eram feitas de modo compartilhado: todos junto, só os homens, só as mulheres e às vezes nós mesmos líamos.
Também colocávamos música de fundo para fazermos algumas reflexões.
A palavra ficava livre para quem quisesse compartilhar suas idéias e/ou pensamentos.
Foram usados vários textos da apostila.
Participaram deste repasse 25 professores e 2 especialistas.

O repasse foi dado pelas professoras:
Andréa Batista
Lídia Maria da Costa de Oliveira
Mari Terezinha Gomes


MOMENTOS DO REPASSE E ATIVIDADES REALIZADAS







REPASSE (SLIDES): EEB ALBANO SCHMIDT







































Pesquisa personalizada